Saiba porque é importante ter um controle de acesso eficiente em um condomínio residencial

Na segurança eletrônica, o controle de acesso desempenha um papel importante para identificar as pessoas presentes em uma determinada área controlada. O controle de pessoas em áreas restritas, como condomínios, empresas, centro de processamento de dados (CPD), entre outros, é feito através de equipamentos como portas eletrônicas, catracas, torniquetes e cancelas. Todos os acessos são registrados em um software e banco de dados desenvolvidos para este fim.

 

Com isto é possível rastrear todas as pessoas que estão, ou estiveram presentes na área controlada. Para autenticar e autorizar uma pessoa são utilizadas diversas tecnologias como: cartão de proximidade, biometria e senha.

 

O primeiro passo para se estabelecer um controle eficiente de acesso ao condomínio é fazer um levantamento completo sobre as condições de segurança do local. Entradas, saídas, pontos vulneráveis em muros e cercas, procedimentos de funcionários para permitir o ingresso de pessoas no prédio e hábitos de moradores são alguns das questões que deve ser analisadas.

 

Tecnologia acessível

 

Atualmente a tecnologia é uma das principais aliadas de síndicos e administradores para o controle de acesso ao condomínio. Equipamentos e sistemas inteligentes agilizam a tarefa e a tornam mais eficaz. Conheça alguns dos dispositivos mais utilizados:

 

1- Câmera de alta definição

 

A instalação desses equipamentos permite um monitoramento em tempo real, 24 horas por dia, de todas as áreas do condomínio. As câmeras transmitem imagens para uma central, que pode funcionar no próprio prédio ou em uma empresa de vigilância. O importante é que o responsável pelo acompanhamento das câmeras receba treinamento adequado para o exercício da função, já que uma de suas responsabilidades é liberar o acesso ao condomínio. Outra questão que requer atenção especial se refere à área de cobertura dos equipamentos. Sua colocação deve ocorrer de forma a evitar pontos cegos.

 

2- Sistema biométrico

 

Ele reconhece a pessoa previamente cadastrada por meio da impressão digital ou da identificação facial. O sistema biométrico é indicado para registro de moradores, empregados domésticos e funcionários do condomínio. Como reforço, ele pode ser utilizado em combinação com senha numérica. Isto porque, caso a pessoa seja dominada por um invasor, ela tem a possibilidade de digitar um código de emergência.

 

3- Controle remoto

 

O dispositivo deve ser anticlonagem. Ele fica em poder dos motoristas cujos veículos têm acesso liberado à garagem. O controle remoto dispõe ainda do chamado “botão de pânico”, que aciona um alarme de emergência se o condutor do veículo tiver sido dominado por um invasor ou até mesmo em caso de emergência médica.

 

4- Sensor de código de barras

 

Outro equipamento voltado para o controle de acesso à garagem. Um sensor lê adesivos com códigos de barra nos pára-brisas dos veículos cadastrados, liberando a sua entrada ou saída. Sugere-se o uso combinado com senha numérica. O motorista pode utilizar um código especial para situações de emergência.

 

5- Leitor de cartão

 

Equipamento indicado para o controle de acesso de funcionários a determinadas áreas do condomínio, geralmente de circulação restrita – casa de máquinas, quadro de energia elétrica, depósitos etc. O cartão de aproximação traz as informações de seu portador, registrando a hora e o local onde foi utilizado.

 

6- Cercas com sensores

 

Alguns condomínios substituíram as antigas cercas eletrificadas por modelos que funcionam com sensores de presença. Em vez de choques, elas disparam alarmes sonoros ou aumentam a iluminação no ponto em que foi tocada.

 

Agora que está pronto para avaliar a importância do controle de acesso em um condomínio residencial, comente aqui e nos conte o que achou do nosso post! Ficou ainda com alguma dúvida ou tem algo a acrescentar? E você, quais estratégias adota para a segurança do acesso ao seu condomínio? Conte pra gente pelos comentários.

   
Voltar
Imprimir
Compartilhar
Comentários:
0 Comentário(s)

Deixe o seu comentário!