Sistema de CFTV: 12 dicas para acertar na instalação

“É melhor prevenir do que remediar!” Não à toa, este provérbio é um dos mais populares da cultura brasileira. Como todo bom provérbio, ele transmite um conselho que tem origem na filosofia do povo. Válido para várias situações da vida, ganha especial relevância quando o assunto é segurança. E uma das melhores maneiras de proteger sua casa ou sua empresa é por meio de câmeras de segurança. Quando integradas a um sistema de circuito fechado de televisão (CFTV), as câmeras são capazes não só de registrar ocorrências, mas, principalmente, de evitá-las.

O que é sistema CFTV

Segundo definição do mercado, o CFTV “é um sistema de televisão que distribui sinais provenientes de câmeras localizadas em locais específicos, para um ou mais pontos de visualização”. Também conhecido como videovigilância, o sistema de CFTV integra câmeras a gravadores e monitores. As câmeras transmitem sinais para um conjunto de monitores que grava o que está acontecendo, mas não envia alertas.

 

Conheça algumas características do CFTV

  • Distribui para um ou mais pontos de visualização sinais provenientes de câmeras instaladas em locais que precisam ser vigiados/monitorados;
  • É uma plataforma digital e integrada a diversos aplicativos;
  • Possibilita vigiar o local a distância e em tempo real pelo computador, tablet ou smartphone;
  • Possui também filtro específico de busca inteligente que economiza tempo e agiliza a operação, selecionando eventos suspeitos registrados durante as horas de gravação;
  • Mostrar a exata localização e o status de todos os dispositivos no sistema, além de proporcionar a pré-visualização de vídeo das câmeras, permitindo que o usuário responda prontamente aos eventos;
  • Captam movimentação geral, objeto perdido, oclusão de câmera, objeto estranho, perda de foco e perda de sinal.

 

A essa altura, você já deve estar pensando em atualizar o sistema de videovigilância de sua empresa ou residência. Então, que tal saber um pouco mais sobre como instalar o sistema CFTV? Listamos dicas importantíssimas e os principais erros que devem ser evitados na instalação do CFTV.

 

Dicas para não errar na instalação de CFTV

  1. Evite usar cabos de par trançado em calhas de elétrica em galpões industriais;
  2. Não instale câmeras próximos a reatores de lâmpadas;
  3. Proteja DVR gravadores contra roubos;
  4. Na área externa, utilize apenas câmeras blindadas;
  5. Em corredores, utilize câmeras de 12mm;
  6. Não instale câmeras muito baixas, altura mínima 1,8m;
  7. Em elevadores, utilize cabos específicos com capa siliconada;
  8. Evite focar a lente em locais com muita incidência de luz direta;
  9. Jamais faça emendas em cabos, mesmo que estejam soldadas;
  10. Evite focos como entrada de banheiros, piscinas etc;
  11. Não dobre, amasse ou estrangule cabos coaxias, isso certamente causará interferência;
  12. Em sistemas de alimentação única, utilize no breaks;
  13. Utilize apenas fontes de alimentação estabilizadas;
  14. Não se esqueça de fazer uma malha de aterramento para o sistema;
  15. Em trechos longos, observe as perdas de alimentação;
  16. Não isole conectores com fita isolante, utilize fita alta fusão;
  17. Realize manutenção preventiva a cada 6 meses.

 

Na Ausec, você encontra profissionais para viabilizar o seu sistema de CFTV e fazer a instalação para se adequar da melhor forma às suas necessidades. Quer saber mais? Entre em contato!

 

   
Voltar
Imprimir
Compartilhar
Comentários:
0 Comentário(s)

Deixe o seu comentário!